segunda-feira, 29 de maio de 2017

A inocência : Taro Zen de Osho

Olá queridos amigos!
Conforme falei ontem, estaremos nessa semana meditando sobre as cartas do Mestre Osho, que além de lindo, é muito interessante quando se trata de nos despertar a consciência, a nos ajudar a meditar sobre certos temas da vida.
Para este dia 30 de Maio sai com A carta A inocência, tradicional Arcano 19- O sol, do taro. E quem acompanha este blog vai lembrar que não faz muitos dias que este Arcano nos visita. Acredito que quando um Arcano se repete , certamente tem uma nova abordagem, um novo recado a nos deixar.
Se na visita anterior O sol estava a nos trazer alegria, clareza, energia para viver o dia , mesmo tendo sido chuvoso, hoje a temática é um pouco diferente.

Sabiamente parece que eu sintonizei uma mensagem que tem muito haver com os pensamentos que me acompanhavam enquanto eu saia do trabalho em direção a minha casa, como se o oráculo além de nos proporcionar um novo despertar, me respondesse acerca de algumas indagações que eu vinha fazendo sobre a vida.
Assim que tirei este Arcano, fui ler a visão de Osho sobre a carta, fui buscar textos de outros blogs que se relacionam com o tema e ai sim, pude constatar que era acima de tudo, uma resposta pessoal.
A inocência é um convite a nos integrar ao todo, sem nos apegarmos a ele. De forma resumida é isso que eu pude compreender dessa carta.
Osho nos chama atenção para as coisas que carregamos ao longo de nossa caminhada por aqui, mas que no fundo não fazem parte de nossa essência ( nome, profissão, sobrenome, status social, status afetivo). Essas coisas passam pela nossa vida, como instrumentos que podem nos auxiliar no aprimoramento do nosso verdadeiro Eu. 
O problema é que perdemos a inocência, a espontaneidade tão características das crianças, que mesmo tendo um nome, fazendo parte de uma família, de uma classe social, não se perdem nesse contexto. Apenas vivem, sonham, se relacionam, ou seja, não existe aquela pressão que acaba rolando quando nos tornamos adultos.
A carta que nos visita vem nos pedir exatamente isso: que deixemos de lado tantas pressões que nos fazemos, que permitimos que nos façam, sobre o que acreditamos ou nos fazem crer, do que deveria ser o correto em termos de postura, em termos de metas, em termos de realização. O sofrimento que isso gera, quando nos comparamos com as pessoas que julgamos terem mais sorte, serem mais felizes, terem mais poder, serem isso, terem aquilo. Já pararam pra pensar nisso?
E de repente percebemos pessoas que são felizes do jeito que são, com as coisas que possuem, e não pedem nada, apenas agradecem, por cada dia de vida, por cada oportunidade que a vida lhes concede de acordar e independente do clima, independente do momento, viver.
Claro que não quero com isso dizer que devemos largar todas as metas que gostaríamos de realizar, e simplesmente ficar vendo a vida passar pela nossa janela. O que eu entendi tirando essa carta é que podemos sim, correr atrás de sonhos, podemos sim, buscar o melhor que pudermos em termos de conforto material, podemos desejar ter alguém em nosso lado. Mas não devemos nos apegar a essas coisas, que acabam ficando quando um dia tivermos que seguir viagem.
E ai no outro texto, pude compreender algo que inclusive ouvi hoje na TV: a vida passa, o nosso corpo muda, as pessoas se afastam, outras se aproximam, mudamos de emprego, mudamos de casa, enfim, tudo é passível de mudança. Mas a nossa essência, essa é algo que vai além do nosso nome, da nossa roupa, da beleza física, da classe social.
A verdadeira essência é aquela parte da gente que trazemos de algum lugar, que se sobrepõe aos fatos. É a nossa luz, é a nossa individualidade, é o nosso jeito de ser, é a nossa capacidade de brilhar, mesmo que o dia seja chuvoso, mesmo que estejamos distante daquele que gostaríamos de estar. 
E a parte da gente, que como uma criança, não fica questionando o porque de certas coisas serem como são. Essa parte apenas vive um dia após o outro, O aqui e Agora. Fazendo o possível pra se sentir feliz, com aquilo que tiver a seu alcance no momento.
Textão eu sei. Mas acho que é interessante meditar sobre isso. Sejamos inocentes portanto.Grande beijo! 
E vou linkar esse outro texto que achei valioso também: 
Boa leitura (clique aqui).

domingo, 28 de maio de 2017

Possibilidades: Taro Zen de Osho

Olá queridos amigos!
Para a semana teremos mensagens preciosas vindas do Deck Taro Zen de Osho.
Para esta segunda-feira, tirei a carta denominada por ele de possibilidades.
Esta carta nos convida a olhar a semana do alto, ou seja, tentando manter um distanciamento emocional, uma observação panorâmica sobre tudo que ocorrer neste novo ciclo que se inicia.
E isso nos é ensinado pela Águia que aparece na carta, voando imponente , e vendo tudo do alto, o que lhe confere mais capacidade de saber o momento exato e o local correto de descer e buscar o seu alimento.
E com ela também temos a representação da liberdade, tanto de pensamentos, como de atitudes. E preciso respeitar a individualidade de cada pessoa. Por mais que queiramos o melhor pra cada um, é preciso deixar que cada pessoa faça aquilo que lhe convier, que lhe for possível pro seu modo de ver a vida.
E com isso me lembro das perguntas comuns que clientes me fazem na mesa de jogo: O que eu devo fazer? E ai olhando pra esta carta, eu penso que o melhor a se fazer e explorar as possibilidades que temos em determinada questão. Avaliando cada caminho do alto, sem deixar o emocional influenciar demais, terás mais chance de perceber qual atitude a ser tomada.
Como não temos asas, o alto não será possível, mas podemos de alguma forma olhar as coisas de longe, ou seja, sem se envolver diretamente nos assuntos, principalmente naqueles que não nos dizem respeito. E caso lhe seja pedido um conselho: de fora poderemos apontar algumas dicas, colocando pontos que talvez a pessoa não tenha se percebido. Mas o caminho quem vai seguir, quem vai decidir é ela. A gente só pode ajudar a chegar em alguma decisão.

Que nesta segunda-feira tenhamos os pensamentos elevados, a paciência pra encontrar as melhores saídas e a sabedoria pra esperar o momento certo ou o melhor caminho dentre as possibilidades que se apontarem seja no amor, na vida material, espiritual, enfim, no contexto geral.
Importante é que possibilidades serão ofertadas. Beijos e boa semana!

sábado, 27 de maio de 2017

Trindade de Fogo: O 3 de paus

Olá queridos amigos!
O sol , Arcano de hoje passando por aqui, mesmo tendo sido um dia de chuva, trouxe consigo, a sua energia, o seu calor, a lua luminosidade.
E dessa visita ficou essa energia que agora rege o dia 28 de Maio, O 3 de paus.
Esse Arcano de certo modo também tem muito do Sol em sua estrutura, e podemos relacioná-lo com a tríade dos signos do fogo: Áries, Leão o regido direto do Sol, e Sagitário. Cada um empresta um pouco de si para esta carta, para expressar a energia desse dia.
Com O 3 de paus teremos um dia para trabalhar em nós, qualidades desses signos que podem ser importantes ao longo da semana que se inicia:
Áries nos dará o seu impulso criativo, a sua capacidade de liderar novos movimentos, novos ciclos, e isso nos inspira a colocar em prática projetos que estavam apenas no plano mental. Com o 3 de paus, temos a certeza de que é um bom momento para se colocar em pratica, para se colocar o pé na estrada ou a mão na massa.
Com Leão, temos a autoconfiança e a confiança no sucesso dos projetos, bem como teremos a energia que se volta para o prazer, para o esporte, para as trocas afetivas. Leão é o tesão, o sexo, a brincadeira, as competições. E teremos por aqui (Florianopolis), Aironman, em mais um versão que promete ser bastante emocionante.
Com Sagitário, meu ascendente , nos inspiramos a desbravar o desconhecido, a nos aventurar naquilo que é novo, com otimismo, porque quando entramos numa relação, quando começamos um projeto, quando nos envolvemos em algo, a nossa unica meta é ser feliz e crescer com cada passo dado. Independente do desfecho final, é o estar aberto para o que vier de novo , em todos os setores.
Então meus amigos, O 3 de paus nos encoraja a assumir riscos, a unir forças, a colocar a nossa energia, vontade, confiança, em algo que realmente mereça a nossa atenção.
E se permitir explorar novos horizontes, novas culturas, novos saberes, novos conceitos.
Nada é por acaso. Alegria, que seja um dia de intensa luz! Um salve para a tribo do fogo: que as salamandras transmutem as energias negativas e nos auxiliem nessa caminhada.
Deck Tarot Cill

Seja Sol: O sol como energia do dia

Olá queridos amigos!
Depois de um Arcano como O julgamento, não seria de estranhar que estivéssemos hoje na energia do Arcano 19- O sol.
O julgamento despertou-nos para a capacidade de revermos as nossas ferramentas, os nossos talentos e reavaliarmos também coisas que marcaram o nosso passado num sentido geral. O julgamento aqui seria no sentido de observar, olhar com um novo sentido, tudo que foi vivido com a intenção de resgatar o que foi de bom.
A morte pediu que fosse deixado pra trás aquilo que perdeu sentido. Mas O julgamento pede que que as coias boas sejam retomadas, porque a vida segue.
E mesmo hoje sendo um dia chuvoso, creio que esta energia é super bem vinda por aqui.
E a certeza de que hoje estamos mais cientes do que foi, do que voltou, do que precisa ser retomado, mas principalmente uma clareza do que somos, qual o nosso papel ou qual o nosso estagio em determinado setor.
O sol é a energia para continuar buscando a verdade das coisas, a verdade interior.
O sol é a energia para fazermos do nosso dia a dia, uma oportunidade de evoluirmos enquanto seres humanos , espíritos encarnados.
O sol é um convite á levar alegria , verdade, coragem, para onde formos, aonde estivermos.
Que este Arcano iluminado cuja relação no deck dos Orisás é Ibejis, os Gêmeos, possa representar na vida de todos que por aqui passarem, aquela sensação de bem estar, de estar no lugar certo, com as pessoas certas, fazendo aquilo que gosta , aquilo que se sente capaz,e acima de tudo, percebendo que a alegria pode está nos pequenos detalhes, nas pequenas coisas, nos pequenos gestos.
Grato por mais um dia seguimos radiantes!


quinta-feira, 25 de maio de 2017

Renascimento: O julgamento do Taro

Olá queridos amigos!
Uma coisa ficou muito claro pra mim nesta sequência de Arcanos da semana: muita coisa que acreditamos estar no fim podem se mostrar mais vivas do que nunca.
A morte de hoje com o portal para um novo começo, hoje nos leva ao Arcano 20- O julgamento do Taro.
E esta sequência nos leva de um ciclo aparentemente morto, para uma renovação, uma repaginada em coisas do passado.
O julgamento surge como uma retomada de coisas e contatos.
Ausentes mas nem por isso deixando de fazer parte de nossa caminhada, de nossa vida.
O julgamento é um pedido a reacender certos sonhos, certas metas, dando uma nova cara.
Me faz pensar que as vezes achamos que nunca vamos conseguir realizar um objetivo, deixamos ele no armário de nossa psiquê até que um dia uma porta se abre e este sonho pula pra fora, com mais força, mais foco, com mais chances reais de sucesso.
E aí compreendemos que tem coisas que precisam realmente de um tempo para que deem certo.
A nossa cabeça precisa amadurecer com relação a certas coisas e pessoas.
E as coisas e pessoas também precisam se adequar ao nosso jeito de ser.
Sendo assim, um clima de Dejavu se fará presente nesse dia 26, nos convidando a perdoar o que ficou para trás e acreditar que as coisas boas podem sim acontecer em nosso mundo.
O julgamento é um tipo de Arcano Kármico que nos coloca frente a frente com verdadeiras lições.
Aquela visão que tínhamos sobre alguém poderá cair por terra nesse momento em que O julgamento está regendo. E o bom que geralmente as coisas mudam para melhor.
A dica é surpreender e se permitir ver as coisas sob um novo ponto de vista. Como diriam os sábios:
" Eu não acredito em bruxas mas que elas existem, existem."
A imagem de hoje é do Taro dos Orisás, e trazem Os pretos-velhos , entidades do panteão africano como personagens centrais.
E quem já teve o prazer de conversar com um deles, sabem bem o quão sábios, amorosos e receptivos são estes seres iluminados. Se apresentam como pessoas idosas, representando de fato a sabedoria de quem já viveu muitas mudanças. E estão aqui, ali, onde for preciso, com suas palavras sábias, a nos aconselhar, a nos guiar, a nos reforçar a fé a esperança de um mundo melhor.
Que possam nesse dia, nos inspirarem para o bem, para a paz, para o amor e o perdão.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Um portal para o novo: A morte Taro

Olá queridos amigos!
E novamente estamos sofrendo a influência do efeito repeteco por aqui, dessa vez com o nosso temido Arcano 13- A morte do Taro.
Com um intervalo para dar uma avaliada nos frutos de uma árvore, novamente estaremos lidando com mudanças importantes.
Algumas coisas me chamaram atenção na imagem que escolhi ou foi escolhida pelo superior para estampar a postagem de hoje: Acima da cabeça temos a ave fênix, conhecida como símbolo de renascimento. Essa ave renasce das cinzas ou seja, purifica-se passando pelo fogo sagrado, onde tudo aquilo que não lhe serve , é queimado. E quando se pensa que ela está morta, se recupera, renova suas penas e surge linda no céu a seguir para uma nova vida. 
Abaixo da figura vemos o próprio esqueleto formar uma espécie de portal com suas pernas, nos lembrando que a morte não é o fim de um caminho mas sim o portal para uma dimensão diferente. E assim é a vida. 
Vivemos ao longo de nossa caminhada pela Terra, muitas transformações, onde deixamos algumas penas para trás, sofremos muito com isso, mas depois nos pegamos entusiasmados por um novo caminho que se abre.
Talvez esse seja o recado deste Arcano para este dia 25 de Maio:  O que acreditamos ser o fim, nada mais é que a abertura de um portal para um novo caminho. E ai me vem a mente, uma parte da letra de um samba enredo , de uma escola de samba aqui de Florianópolis:
" Se você pensa que acabou Agora é que vai começar!" Diz quem é que cantou essa pérola meu querido, diz! 
Beijos e boas mudanças para todos!

terça-feira, 23 de maio de 2017

Em fase de crescimento: O sete de ouros

Olá queridos amigos!
Para este dia 24 de Maio estaremos na vibração do elemento Terra. Sendo assim estaremos mais voltados para assuntos do plano material: dinheiro, trabalho, corpo, saúde, bens, objetos palpáveis, alimentos, etc.
No Arcano O sete de ouros vivenciamos aquele momento que poderia dizer intermediário entre o inicio e  o fim ou conclusão de um processo material.
Plantamos uma semente na terra, regamos com água , o sol fez a sua parte. Esta semente vingou, germinou e deu uma linda árvore, que foi crescendo e crescendo e agora está na fase dos frutos.
Este é o momento O sete de ouros de ver a vida. Temos algo nas mãos, mas ainda não podemos aproveitar, modificar, mexer porque não estamos diante do fruto maduro.
É o momento de cuidar para que nesse processo de amadurecimento, os frutos não sejam atacados por pragas.
Esse contexto pode ser traduzido para as relações que vivemos no dia a dia. Um namoro começa com todo o gás, rompe as primeiras barreiras, evolui e chega num ponto em que podemos perceber que o envolvimento entre duas pessoas está num patamar bastante satisfatório. Mas ainda não podemos considerar que esta relação está estável ou que vai evoluir para um patamar mais sério.
Porém se está evoluindo, cabe aos envolvidos manter a energia , manter as boas atitudes e ter paciência porque sabemos que fizemos tudo que podíamos para que algo acontecesse, o resto está nas mãos do Sagrado, da Inteligência Superior.
Então nesse momento, nos resta acreditar e deitar com a cabeça tranquila.
Que venham os frutos e que eles sejam saborosos!
Deck Crystal Vision

Disqus for Senhor da Vida Tarot